A nova e a velha…ou não tão velha, assim

Na enorme maioria das vezes, mudar de casa é algo muito bom. Claro que tem toda uma nóia do que deve ser realmente mantido, do que precisa ser dispensado, do que deve ser melhorado. Mas não sem antes toda aquela coisa do encaixotamento, transporte, receio de dar algo errado no meio do caminho (vai que tem uma pedra, por exemplo?!).

Nem por isso não o fazemos. Mesmo que a comodidade impere muitas vezes.

Mudar de casa, para mim, foi primeiro pela estética. Depois pelo que havia no interior (confesso que os cômodos daqui são mais legais que os da outra casa). Agora, simplesmente por me sentir mais à vontade em algo mais apresentável. Algo que eu consiga dar nome e chamar de meu. Sem um adendo do tipo “Essa é a Fulana, filha do Sicrano?”, sabe? Aqui eu não preciso dizer que o “Linhas e Pensamentos é da Lívia”, porque você pode encontrar esta casa procurando pelas Linhas e Pensamentos, ou só pela Lívia, mesmo. Pois eu sou tanto o Linhas e Pensamentos, quanto este blog é eu.

E antes que você pense que essa postagem é uma auto-afirmação, ou coisa do gênero, digo que eu quis apenas apresentar a casa nova e o motivo da mudança.

Então, bem-vindos! A casa é nova, sim, e a roupagem também. Mas a dona… Ah, com essa você não precisa ficar cheia de dedos.

download

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s