Ler, amar e comprar

Sobre leituras e vícios

Eu decidi que não serei uma velha louca dos gatos quando envelhecer.
Serei uma “Velha louca dos livros”, que tem milhares de livros.

Uma das coisas que abriu muito o leque de leituras, ao menos para mim, foram os e-books ilegais. Sites e mais sites disponibilizando livros traduzidos que nenhuma editora brasileira se predispôs a publicar, livros nacionais dos quais nunca ouvimos falar e que nos faz sentir satisfeitos com o mundaréu de qualidade que temos por aqui, além daqueles títulos que, mesmo publicados, não compramos pela simples falta de dinheiro. É como uma provação deixá-los lá, no computador, e não ler todos, um seguido do outro. Sei que no meu tem quase (ou mais de) 1000 títulos, com vários temas. Contudo, sempre há aqueles que nos fazem ligar o computador, ou tablet, ou celular, ou qualquer tech para relê-los, mesmo que apenas passando os olhos.

Ultimamente eu venho travando uma luta interna sobre comprar ou não livros já lidos. Alguns até pensam que é um desperdício comprar apenas para relê-los. Bom, não sou dessas… Às vezes eu até prefiro reler alguma coisa do que me aventurar em páginas novas. É como estar em casa. Um sentimento gostoso de familiaridade.

Há livros que eu venho namorando há tanto tempo que, sempre que vejo uma promoção, é difícil me segurar. Adquiri os quatro volumes de As Brumas de Avalon com uma promoção top, assim como o volume único de Crônicas de Nárnia. Fora as promoções únicas, com livros teóricos, os quais estão ocupando cada vez mais espaço em minha estante. Não que minha biblioteca pessoal seja grande… Nem atingi os cem volumes!

No entanto, há duas coleções que estão testando todos os meus níveis de controle. Ah, sim, são vários!

A primeira coleção foi Mundo Emerso, da italiana Licia Troisi. Li a trilogia Crônicas do Mundo Emerso e os dois primeiros volumes da trilogia Guerras do Mundo Emerso (que é uma sequência de Crônicas) em e-book. O restante, que é a trilogia Lendas do Mundo Emerso e uma série nova, A Herança de Thuban com o primeiro volume já publicado – A Garota Dragão – ainda não tive o privilégio de ler.

A série Mundo Emerso é maravilhosa. Ela pode ser facilmente classificada em “jovem-adulto” (o que está na moda, agora), mas o que é mais delicioso e me prende é o fato de ser literatura fantástica. O mundo criado por Licia Troisi é impressionante, seus personagens são únicos e bem estruturados. Não é difícil de querer ler e reler.

Já a segunda coleção que quero ter em minha biblioteca é a série Ordem dos Arqueiros, do australiano John Flanagan. Não me lembro como a conheci – acho que foi uma indicação. No entanto, a série me prendeu a tal ponto que eu li até o sétimo livro com uma velocidade impressionante! Ordem dos Arqueiros (site em inglês) já chegou ao 11º livro, e o interessante – ao menos até o sétimo – é que, a cada livro, não há cansaço, mesmice.

Adquiri, essa semana, os três primeiros volumes de Ordem dos Arqueiros. O preço na Siciliano estava tão bom que não consegui me segurar. Mas, é disso que se tratam os vícios, não é? Não conseguir se segurar à primeira margem de chance de se afundar nele.

Ao menos vício em livros, leituras e literatura não é condenável. Ainda…

Ah, sim… A Editora Fundamento está lançando mais uma série de John Flanagan, cujo título é Brotherband. No Brasil já são dois volumes publicados, Os Exilados e Os Invasores. Ao que tudo indica, mais uma série de sucesso.

Esse post poderia caber muito bem na tag “Autores Favoritos“. Mas o que eu queria mesmo falar aqui era mais sobre vícios, e não quem nos viciava. Então, deixe para destrinchá-lo em outra oportunidade, quem sabe…

Anúncios

5 comentários sobre “Ler, amar e comprar

  1. Victor Comenho disse:

    Olá! Bem, o que posso dizer? Eu tenho uma pequena tara por sagas literárias *-* Digam o que quiserem, adoro a ideia de acompanhar os personagens por mais de um livro, de sentir aquela curiosidade enquanto espero o próximo ser lançado…

    E adoro Rangers! Li até o quinto, eu acho, peguei todos emprestados da minha amiga – só que ela enjoou da série e não compra mais :/ E não, não consigo ler em e-book, fico logo com dor de cabeça (é triste).

    Sobre crônicas do mundo emerso, meu namorado adora essa saga! Lembrei dele logo que vi e já fui contar sobre esse post rsrs Posso confessar? Tenho quase que uma devoção pelas sagas da Alyson Noel, adoro as coisas que aquela mulher escreve!

    Adorei o post 😀
    Abraços

    http://incriativos.blogspot.com.br

    Curtir

  2. Lívia Cavalheiro disse:

    O problema de ler e-book é que eu já trabalho com computador, então chega uma hora que não dá… =/ Os olhos cansam, a vista embaça, fica uma lindeza só…

    Também curto bastante sagas, o ruim é ter que esperar por lançamentos dos próximos volumes… Maior tristeza… Não conhecia Alyson Noel, mas vou fuçar por aí pra ver o que acho dela. =)

    Que bom que gostou do post. =D
    Abraço.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s