Um comentário sobre “Regência de Ossos”

 Houve um tempo em que a Necrópole de Amtal se restringia
a atacar os que ousavam se afastar demais…
Houve um tempo em que o povo de Dunir podia confiar
na proteção da Guarda Real e na justiça de sua rainha…
Esse tempo passou. No céu, apenas nuvens negras.
Poderá uma jovem erguer sua voz e clamar em
nome de seu povo ou o sangue dos vivos servirá apenas
para saciar a sede daqueles que retornaram do
reino dos mortos?

Para mudar é preciso aceitar.
Para verdadeiramente ser é preciso acreditar.

Regência de Ossos se passa no mundo de Andora, em uma época pseudo-medieval, onde magia coexiste com o ordinário e seres fantásticos são comuns. Um mundo idealizado por Marcelo Paschoalin.

O livro conta a história de três mulheres que, à medida que vai se desenvolvendo, se entrelaçam de maneira brilhante. A Rainha Caehlis e conhecedora da Magia, sedenta de poder, faz o possível e impossível para alcançar sua glória, até mesmo se alienar à Necrópole de Amtal. Alissa, sua filha, é alguém que faz de tudo para agradar a mãe, porém lhe notamos um lado obscuro que somente a magia proibida é capaz de despertar. E temos Alexia, uma jovem de 16 anos, que só quer viver sua vida da maneira que lhe for melhor – embora as injustiças que vêm ocorrendo lhe atormentem o espírito.

No início do livro, achei a narrativa um pouco cansativa – talvez pelo fato do autor bater o tempo todo na tecla “a força do Fogo, a magia do Fogo”, que é a base da boa magia, a magia da deusa Berilla -, porém, lá pelo meio a história engajou de tal maneira que não consegui largar. O meio-fim é realmente interessante e seu fim mostra que, muitas vezes, a verdade deve ser ocultada para um bem maior.

A crueldade de Caehlis me cativou desde o início, assim como a ambiguidade de Alissa. No entanto, demorei a aceitar Alexia. Porém, quando a aceitei, não me decepcionou. Ela mostra a força que se espera de sua personagem, e que ficou oculta a maior parte do tempo.

Regência de Ossos, assim como A última Dama do Fogo e Eriana – filha da Morte e Vida, fazem parte do mundo de Andora. Dama do Fogo já li, e não é meu tipo de enredo preferido. Em breve lerei Eriana e, tão logo consiga, colocarei minhas impressões de leitura.

A quem se interessar, neste link pode-se comprar o livro (vá em Lojinha)

Boa leitura!

Anúncios

Um comentário sobre “Um comentário sobre “Regência de Ossos”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s