Livro de domingo: um comentário sobre As Crônicas de Nárnia

Após terminar de ler o volume único de As Crônicas de Nárnia, de C. S. Lewis, fiquei pensando por algum tempo em quanto o avaliaria em minha conta no Skoob. Por fim, o classifiquei como Bom, dando-lhe três estrelas. Isso se deve ao total do livro, sem desmerecer o trabalho exemplar do autor.

Construir um mundo novo não é fácil, como muitos devem pensar. Ainda mais escrever sete livros sobre este mundo. Nota-se que o personagem principal das Crônicas não são os Filhos de Adão e Eva, ou seus reis narnianos, mas sim a própria Nárnia. É lá onde tudo acontece, de onde tudo provém e onde tudo termina.

Dos sete livros, três me agradaram totalmente. Por ordem de preferência, falo de O Cavalo e seu Menino, contando a história do agradável Shasta e sua companheira de viagem, a calormana Aravis, junto de dois cavalos narnianos, Bri e Huin. Cada um busca sua respectiva liberdade numa jornada que os levará a Nárnia, mas não sem muitas aventuras e surpresas. Nele, também vemos os Grandes Reis de Nárnia: Pedro, Edmundo, Susana e Lúcia, já crescidos.

Em O Leão, a Feiticeira e o Guarda-Roupa é quando vamos à Nárnia pela segunda vez; quando Lúcia descobre esse lugar maravilhoso e gosta dele tão logo vê seu primeiro narniano, o Sr. Tumnus. O que mais gostei desse volume é como as crianças se veem leais a Nárnia e querem protegê-la assim que descobrem que a terra passa por grande problemas – com exceção de Edmundo, que se mostra perverso inclusive para com seus irmãos. Mas nada, nada é mais forte que esse sentimento do que sentem por Aslam.

O terceiro livro que me agradou foi A Cadeira de Prata. Reencontrar Eustáquio neste livro foi delicioso, pois a transformação de seu caráter após peregrinar pelas Ilhas Solitárias com Caspian, Edmundo e Lúcia, me fez adorá-lo. E também há Jill, uma garotinha perseguida pelos bullies de sua escola. Em Nárnia, ela percebe que pode enfrentar o medo – mesmo que muitas vezes as pernas tremam e a ânsia em fechar os olhos seja grande.

No entanto, uma coisa eu devo falar sobre Crônicas de Nárnia: embora ele seja um livro escrito para crianças, um adulto também aprende muito com ele. As “lições” morais que se aprende no livro não são passadas como óbvias; como se fosse um livro escrito exclusivamente para o ensinamento moral através de literatura. Tanto os animais falantes quanto os reis de Nárnia, além de todos que puseram os pés naquela terra sem pertencer a ela, têm sua honra e coragem posta à prova a cada instante. Além da vital lealdade a Aslam. É clara a semelhança entre Aslam e Deus (no sentido de religiosidade Cristã), principalmente no livro A Última Batalha, quando um “falso profeta” se passa pelo Grande Leão, e muitos se aproveitam da ingenuidade e lealdade do povo narniano.

Ah, sim… Em A Última Batalha está totalmente explicado minha irritação com Susana, a qual mencionei num comentário que fiz depois de ler Príncipe Caspian.

No total, As Crônicas de Nárnia é um livro para se ler num dia de domingo. Um livro de leitura leve, que não se prende a muitas complexidades ou fatos mirabolantes, e tem aquele teor de aventura que nos refresca a mente. Não sei se algum dia voltarei a lê-lo, mas, se o fizer, serão para os três dos meus favoritos que meus olhos se voltarão. Ou eu, simplesmente, me contentarei com os filmes da Disney…

Anúncios

3 comentários sobre “Livro de domingo: um comentário sobre As Crônicas de Nárnia

  1. Nikelen Witter disse:

    Gostei muito da sua leitura, mana. Eu, de fato, tenho uma enorme preferência pelo Sobrinho do Mago. Gosto muitíssimo dele. E concordo com você sobre muitas coisas. Crônicas de Narnia é uma história de acalanto. Um leitura perversa lhe ficaria deslocada.

    Curtir

  2. Lívia Cavalheiro disse:

    Sim, Sobrinho do Mago também é uma leitura gostosa. A Polly é uma graça.
    E confesso que, quando terminei Cadeira de Prata, precisei de um pouquinho de coragem para finalizar com A Última Batalha… Passar por sete livros “sessão da tarde” não foi tão bom quanto eu pensei.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s